Filologia
Grau académico
Doutoramento
Licenciatura
Situação profissional
Professor Catedrático Aposentado
Áreas de Investigação
Linguística Histórica, Crítica Textual
Instituição
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Centro de Linguística da Universidade de Lisboa
Início Fim Descrição
2012 2013

Presidente da Assembleia de Faculdade da FLUL

2009 2013

Director, Área de Ciências da Linguagem, FLUL

2008 2010

Director, CLUL

2004 2006

Presidente, Departamento de Linguística Geral e Românica

1996 1998

Professor Bibliotecário, FLUL

1995 2004

Director, Cátedra de Estudos Galegos

Projetos em que é Investigador Responsável
Projetos concluídos em que foi Membro
Designação I.R.
Linguagens Fronteiriças: Mirandês
Manuela Barros Ferreira

Publicações selecionadas

Castro, I. (2019). O Legado de Leite de Vasconcelos na Universidade de Lisboa. Lisboa: Imprensa Nacional.
Castro, I. (2017). Os de Vasconcelos. In Gallaecia. Estudos de linguistica portuguesa e galega.. Santiago : Univ. de Santiago de Compostela.
Castro, I. (2017). A Estrada de Cintra. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2015). The Manuscript Tradition of the Regula Benedicti in Portuguese. Portuguese Studies, Vol. 31.
Pessoa, F. (2015). Poemas de Alberto Caeiro. (I. Castro, Ed.), Edição Crítica de Fernando Pessoa (Vol. IV). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2012). Vésperas brasilianas. In M. Santiago-Almeida & Lima-Hernandes, M. (Eds.), História do Português Paulista, Modelos e Análises (Vol. III). Campinas: Instituto de Estudos da Linguagem/Unicamp.
Castro, I. (2012). From print to script. In Private: do (not) enter. Personal Writings and Textual Scholarship (J. Dionísio (ed), pp. 135-143). Amsterdam/New York: Variants 8.
Castro, I. (2011). Forces d’unió i separació en l’espai de la llengua portuguesa. In La gestió interestatal de les llengues transfrontereres (pp. 55-66). Barcelona: Institut d’Estudis Catalans.
Branco, C. C. (2007). Amor de Perdição. (I. Castro, Ed.) (ed. crítico-genética). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2006). Fallar e a tradição peninsular da Demanda. Santa Barbara Portuguese Studies: Galician / Portuguese Poetry, Prose And Linguistics. A Special Issue Devoted To The Middle Ages, Vi:.
Castro, I. (2004). Introdução à História do Português. Lisboa: Colibri.
Pessoa, F. (2004). Poemas de Fernando Pessoa. 1931-1933. (I. Castro, Ed.), Edição Crítica de Fernando Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Pessoa, F. (2001). Poemas de Fernando Pessoa. 1921-1930. (I. Castro, Ed.), Edição Crítica de Fernando Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (1997). Parole d’auteur contre parole de dossier: sémiotique de l’archive chez Fernando Pessoa. Génésis, 10.

Todas as publicações

Castro, I. (2019). O Legado de Leite de Vasconcelos na Universidade de Lisboa. Lisboa: Imprensa Nacional.
Castro, I. (2018). Longos apelidos antigos. In Discurso(s) de Cumplicidade(s). Homenagem a Fernanda Menéndez. Lisboa: Húmus.
Castro, I. (2017). Os de Vasconcelos. In Gallaecia. Estudos de linguistica portuguesa e galega.. Santiago : Univ. de Santiago de Compostela.
Castro, I., Rodrigues-Moura, E., & de Barros, L. (2017). A Fénix Renascida. Lisboa: Gulbenkian.
de Vasconcelos, J. L. (2017). Dicionário de Regionalismos e Arcaísmos. (I. Castro & Silvestre, J. P., Eds.). Lisboa: CLUL. Retrieved from http://alfclul.clul.ul.pt/teitok/dra/index.php?action=home
Branco, C. C. (2017). Novelas do Minho. (I. Castro & Pimenta, C., Eds.). Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda.
Castro, I. (2017). A Estrada de Cintra. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2016). Glórias Centenárias. In Genuína Fazendeira. Os frutíferos 100 anos de Cleonice Berardinelli,. Rio de Janeiro: Bazar do Tempo.
Correia, Â., Franco, P., & Castro, I. (2016). Camilo Castelo Branco, A Sereia (critical edition). Imprensa Nacional.
Branco, C. C. (2016). Memórias do Cárcere. (I. Castro & Oliveira, R., Eds.). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2015). The Manuscript Tradition of the Regula Benedicti in Portuguese. Portuguese Studies, Vol. 31.
Castro, I. (2015). A nova ortografia tem 25 anos. In Diacrítica, 29/1 (In Memoriam José de Azevedo Ferreira). .
Pessoa, F. (2015). Poemas de Alberto Caeiro. (I. Castro, Ed.), Edição Crítica de Fernando Pessoa (Vol. IV). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Pessoa, F., & Castro, I. (2015). Obra Essencial de Fernando Pessoa (Vol. 1– 9 vols). Lisboa: Expresso-Aletheia-INCM.
Castro, I. (2014). Die portugiesische Sprache: Vergangenheit, Gegenwart und Zukunft. In Portugal. 40 Jahre Demokratie (pp. 18-23). Graz: Universidade de Graz.
Castro, I. (2013). Formação da língua portuguesa. In Gramática do Português. Lisboa: Gulbenkian.
Castro, I. (2012). Emendas em curso de escrita. In Nada na linguagem lhe é estranho (Homenagem a Isabel Hub Faria) (pp. 423-432). Porto: Afrontamento.
Castro, I. (2012). Vésperas brasilianas. In M. Santiago-Almeida & Lima-Hernandes, M. (Eds.), História do Português Paulista, Modelos e Análises (Vol. III). Campinas: Instituto de Estudos da Linguagem/Unicamp.
Castro, I. (2012). From print to script. In Private: do (not) enter. Personal Writings and Textual Scholarship (J. Dionísio (ed), pp. 135-143). Amsterdam/New York: Variants 8.
Castro, I. (2011). Forces d’unió i separació en l’espai de la llengua portuguesa. In La gestió interestatal de les llengues transfrontereres (pp. 55-66). Barcelona: Institut d’Estudis Catalans.
Castro, I. (2011). Forces d’unió i separació en l’espai de la llengua portuguesa. In La gestió interestatal de les llengues transfrontereres (pp. 55-66). Barcelona: Institut d’Estudis Catalans.
Castro, I. (2011). Língua de Camões. In Dicionário de Luís de Camões (pp. 461-469). Lisboa: Caminho.
Castro, I., & Vieira, Y. (2011). Ideias e opiniões seladas: diálogo entre Leite de Vasconcelos e Carolina Michaëlis sobre o galego-português. Floema .
Castro, I. (2010). Notas sobre a língua do Livro de como se fazen as cores (ms. Parma 1959). In The Materials of the Image. As Matérias da Imagem. Lisboa: IHA.
Castro, I. (2010). As políticas linguísticas do português. In Actas do XXV Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (2009). APL.
Castro, I. (2010). Filologia Pessoana. Studi Su Fernando Pessoa.
Castro, I. (2009). Galicia no espazo cultural da Lusofonía. In H. Monteagudo (Ed.), Sociedades plurilingües: da identidade á diversidade (pp. 219-252). Santiago de Compostela: Consello da Cultura Galega.
Castro, I. (2008). A casa fechada . In O Trabalho da Teoria, Actas do colóquio de homenagem a Vítor Aguiar e Silva (Ponta Delgada, 15 e 16 de Novembro de 2007) (I). Ponta Delgada: Universidade dos Açores.
Castro, I. (2008). A importância da rasura no manuscrito de Amor de Perdição. In O Domínio do Instável (A Jacinto do Prado Coelho). Porto: Caixotim.
Castro, I. (2008). O português, de Compostela ao Atlântico Sul. In G. Lanciani (Ed.), Da Roma all’Oceano. La lingua portoghese nel mondo. Roma: La Nuova Frontiera.
Castro, I. (2008). Galiza no espaço cultural e simbólico da Lusofonia. Grial, XLVI.
Castro, I. (2008). Editando o Livro de José de Arimateia. Filologia E Linguistica Portuguesa, São Paulo, 345-364.
Castro, I. (2007). A Descensão de Maria. In Actas do I Congreso Internacional de Onomástica Galega “Frei Martín Sarmiento” (2002). Santiago de Compostela: Asociación Galega de Onomástica.
Castro, I. (2007). Uma língua que veio de longe. Lusa – A Matriz Portuguesa. São Paulo.
Castro, I. (2007). Geografia e storia della lingua portoghese. In Letteratura del Portogallo. Quaderni del Premio Letterario Giuseppe Acerbi. Verona: Edizioni Fiorini.
Castro, I. (2007). A língua. In A. Reis (Ed.), Retrato de Portugal. Lisboa: Instituto Camões/Temas e Debates.
Branco, C. C. (2007). Amor de Perdição. (I. Castro, Ed.) (ed. crítico-genética). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2007). Amor de Perdição, ed. genética e crítica. IN-CM.
Castro, I., Rodrigues-Moura, E., & Vieira, Y. (2006). Cartas a três (Carolina Michaëlis entre Leite e Schuchardt). O Arqueólogo Português.
Castro, I. (2006). A Demanda do Santo Graal e as suas edições. Revista Portuguesa De Filologia (Miscelânea Herculano De Carvalho).
Castro, I. (2006). Fallar e a tradição peninsular da Demanda. Santa Barbara Portuguese Studies: Galician / Portuguese Poetry, Prose And Linguistics.
Castro, I. (2006). Escrita bordada. In G. Santos & Velho, G. (Eds.), Artifícios e Artefactos. Entre o literário e o antropológico. Rio de Janeiro: Viveiros de Castro Ed.
Castro, I. (2006). Introdução à História do Português (2.nd ed.). Lisboa: Colibri.
Castro, I. (2006). Storia della Lingua Portoghesa. Roma: Bulzoni.
Castro, I. (2006). Fallar e a tradição peninsular da Demanda. Santa Barbara Portuguese Studies: Galician / Portuguese Poetry, Prose And Linguistics. A Special Issue Devoted To The Middle Ages, Vi:.
Castro, I. (2005). "Acordos Ortográficos", "Língua Portuguesa". In Dicionário Temático da Lusofonia. Lisboa: Texto.
Castro, I. (2005). Mais sobre antroponímia luso-brasileira: dados cariocas. In Ciências da Linguagem: 30 anos de investigação e ensino. Braga: Universidade do Minho.
Castro, I. (2004). A primitiva produção escrita em português. In Orígenes de las lenguas romances en el Reino de León (Vol. II). León: Centro de Estudios e Investigación San Isidoro.
Castro, I. (2004). A atribuição do nome próprio no espaço luso-brasileiro. In Novi te ex nomine. Estudos filolóxicos ofrecidos ao Prof. Dr. Dieter Kremer. Coruña: Fund. Barrié.
Castro, I. (2004). Autógrafos e génese textual na literatura galega. In (Dis)cursos da escrita. Estudos de filoloxia galega ofrecidos en memoria de Fernando R. Tato Plaza. Coruña: Fund. Barrié.
Castro, I. (2004). A antiga documentação de Portugal. In Actas do XIX Encontro Anual da Associaçáo Portuguesa de Linguística,. APL.
Castro, I. (2004). Introdução à História do Português. Lisboa: Colibri.
Pessoa, F. (2004). Poemas de Fernando Pessoa. 1931-1933. (I. Castro, Ed.), Edição Crítica de Fernando Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2003). O linguista e a fixação da norma. In Actas do XVIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. APL.
Castro, I. (2003). Abelaira, Pessoa e os Gramáticos. In Criação e Crítica. Homenagem de 8 poetas e 8 ensaístas a Giulia Lanciani. Lisboa: Caminho.
Castro, I. (2003). História da Língua Portuguesa. In Actas dos IX Cursos Internacionais de Verão de Cascais (2002) (vol. 2 ed.). Cascais: Câmara Municipal.
(2003). Razões e Emoção. (I. Castro & Duarte, I., Eds.), Miscelânea de estudos em homenagem a Maria Helena Mira Mateus (Vol. 1–2). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I., & Rodrigues-Moura, E. (2002). Auto-retrato de Leite de Vasconcelos. In Razões e Emoção (Vol. I). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, I. (2002). Sur le bilinguisme littéraire castillan-portugais. In La littérature d’auteurs portugais en langue castillane. .
Castro, I. (2002). A língua de Cleonice. In Cleonice Berardinelli. Lisboa: Instituto Camões.
Castro, I. (2002). Sobre a edição do Livro de José de Arimateia. In C. Neves (Ed.), Matéria de Bretanha em Portugal. Lisboa: Colibri.
de Vasconcelos, J. L. (2002). Dicionário de Regionalismos e Arcaísmos. Letra C (Ca-Cuzudo). (I. Castro, Ed.). Lisboa: Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.
de Vasconcelos, L. (2002). Dicionário de Regionalismos e Arcaísmos. Letra B (Baba-Buzio). (I. Castro, Ed.).