Gramática & Recursos
Grau académico
Doutoramento
Áreas de Investigação
Linguística cognitiva, Sociolinguística
Instituição
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Centro de Linguística da Universidade de Lisboa
Início Fim Descrição
2010 2016

Directora do Mestrado em Tradução na FLUL.

"Peer-reviewer" das seguintes publicações: Revista Brasileira de Linguística Aplicada; Scriptum Digital e Revista Latino-Americana de Estudios del Discurso.

Projetos externos
Título Instituição Link
Complex Cognitio Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Black Box Project Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

Publicações selecionadas

Todas as publicações

Almeida, M. C., Cavaco-Cruz, L., & Ramos, I. (2016). Tradução-TranscriaçãoTransculturalidade. Independence: Arkonte Publishing.
Almeida, M. C. (2016). Tradução versus transcriação: abordagem cognitiva. In Tradução- Transcriação-Transculturalidade (M. C. Almeida, L. Cavaco-Cruz, I. Ramos, pp. 1-27). Independence: Arkonte Publishing.
Almeida, M. C., & de Sousa, B. (2016). Worldmaking in Rap - Predators, Fighters, Salvagers-a multimodal approach. In Multimodality and Performance (C. Fernandes, pp. 23-37). Newcastle: Cambridge Scholars Publishing.
Sousa, B., Almeida, M. C., Órfão, P., & Teixeira, S. (2013). Jogar Futebol com as Palavras: Imagens metafóricas no jornal “A Bola”. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2013). Disfemismos vs. In (pp. 71-82). A. Merlan & J. Schmidt-Radefeldt. Frankfurt/Bern: Peter Lang.
Almeida, M. C. (2012). A relevância da relevância em mesclagens, in Nada na Linguagem lhe é estranho. In (pp. 565-579). Costa & I. Duarte. Porto: Edições Afrontamento.
Almeida, M. C. (2011). More on forbidden-fruit blending’: prying into the Portuguese Mind, in Cognition and Culture. In (pp. 123-142). Abrantes, P. Hanenberg. Frankfurt/Bern: Peter Lang.
Almeida, M. C. (2011). Architecturing Proximity in Translation. In (The artful mind v. the shared mind and in Proximity and Distance in Language and Culture, ed. M. Franco and M. Sieberg. Lisboa: Universidade Católica, pp. 125-140). colecção ECC.
Almeida, M. C. (2011). Iá-bué-shotgun-matrix: a (small) road map to European Portuguese Youngspeak, in Línguas Pluricêntricas; variação linguística e Dimensões Socio-cognitivas (Pluricentric Languages: lingustic variation and socio-cultural dimensions). In (pp. 627-638). Silva et al. Braga: Aletheia.
Almeida, M. C., & Sousa, B. (2010). Heldenmetaphern in der deutschen und portugiesischen Sportpresse. ., 243-256.
Almeida, M. C. (2010). Tu também fazes parte deste mundo: language-crossing aus kognitiver Sicht. In Kulturbau. Aufräumen (Ausräumen, Einräumen, pp. 121-138). A. M. Abrantes & P. Hanenberg. Frankfurt/Bern: Peter Lang.
Almeida, M. C. (2010). Code-switching in Portuguese Sports Newspapers: the Cognitive Semiotics View, in Comunicação, Cognição e Media. In (pp. 1495-1506). Silva et al. Braga: Aletheia.
Almeida, M. C., Órfão, P., & Teixeira, S. (2009). Mundlichkeit in der Sportpresse. In Duden 10. Flickflack, Foul and Tsukahara, Der Sport und seine Sprache (pp. 48-59). A Burkhardt & P. Schlobinski. Mannheim: Dudenverlag.
Almeida, M. C. (2008). Iá: ein “deutsches” Wort in der portugiesischen Jugendsprache. ., 14., 221-231.
Almeida, M. C. (Ed.). (2008). Questions on Language Change. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (Ed.). (2006). Questions on the Linguistic Sign. Lisboa: Colibri/CEAE.
Almeida, M. C. (2006). Blending the Pheno-world with Fiction: the Cognitive Semiotics view, in Questions on the Linguistic Sign. In (pp. 49-64). de Lima, M. C. Almeida & B. Sieberg. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2006). Blend-Bildungen - und was dahinter steckt. Portugiesisch Kontrastiv Gesehen Und Anglizismen Weltweit, 10., 241-259.
Almeida, M. C. (Ed.). (2005). Prismas de Formação: contributos para o desenvolvimento das competências dos Formadores. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2005). Cartografias do espaço no ensino de alemão a aprendentes portugueses, in Prismas de Formação: Contributos para o Desenvolvimento das Competências dos Formadores. In (pp. 29-50). Alves & M. C. Almeida. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2005). A Poética do Futebol: análise de representações mescladas à luz do paradigma das Redes de Espaços Mentais. In Dar a Palavra ao Mundo. Estudos de Homenagem ao Professor Doutor Mário Vilela (pp. 557-570). G. Rio-Torto, O Figueiredo & Fátima Silva. Porto: FLUP.
Almeida, M. C. (2004). More about Blends: blending with proper names in the Portuguese media, in Linguagem, Cultura e Cognição: Estudos de Linguística Cognitiva. In (pp. 145-158). da Silva, A. Torres & M. Gonçalves. Coimbra: Almedina.
Almeida, M. C. (2003). Mens facit saltus: elementos para uma arquitectura mental da poética, in A Poética da Cidade. In (pp. 75-92). da Silva. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2001). Arrepios, Angústias e Medos no Fausto: um estudo cognitivo, in A Ideia Romântica da Europa – novos rumos, antigos caminhos. In (pp. 191-209). Costa & H. G. da Silva. Lisboa: Colibri.
Almeida, M. C. (2000). A Geometria dos Enquadramentos à luz da Perspectiva Cognitiva. Revista De Faculdade De Letras, Entreculturas, 25, 117-129.
Almeida, M. C. (1999). A arte de ser metáfora: estudo interlinguístico português-alemão de índole cognitiva. Polifonia, 2, 59-74.
Almeida, M. C. (1997). Agente ou agentes?: Implicações da Interacção Humana em português e alemão, in Linguistica Contrativa Deutsch versus Portugiesisch-Spanisch-Französisch. In (pp. 173-183). Lüdke & J. Schmidt-Radefeldt. Tübingen: Narr.
Almeida, M. C. (1989). Transitividade. Intransitividade E Valores Aspectuais Em Português E Alemão. Duas Línguas Em Contraste: Português E Alemão. Revista Da Faculdade De Letras - Porto, 65-74.
Almeida, M. C. (1989). Agentes pressupostos: uma análise semântico-pragmática em português e alemão. Portal, 4, 47-52.