Gramática & Recursos

Este grupo centra-se na modelação do conhecimento linguístico integrando conhecimento sobre interfaces entre diferentes áreas da gramática e conhecimento sobre o uso da língua. O grupo tem como característica distintiva o trabalho conjunto nas áreas da fonologia, do léxico, da sintaxe e da semântica, com o objetivo de construir um modelo integrado de gramática, considerando a forma como o conhecimento linguístico é representado na mente humana, bem como a forma como esse conhecimento poderá ser modelado computacionalmente; o trabalho sobre a aquisição de L1 e L2 está naturalmente no centro deste programa de investigação. A integração de modelos de representação do conhecimento linguístico e de modelos de uso da língua é conseguida através do estudo de corpora.

A produção de corpora e recursos em geral serve ainda o objetivo do grupo de produzir documentação e descrições do português europeu contemporâneo, bem como de línguas menos estudadas que resultam de contacto linguístico (crioulos de base lexical portuguesa, variedades nacionais do português em África e na Ásia). O grupo produz ainda recursos para o estudo da aquisição do português como L1 e como L2 em diferentes situações de aquisição. O grupo integra o CLARIN LP.

A investigação desenvolvida por vários membros do grupo na área da aquisição de L1 e L2 contribui diretamente para o objetivo geral do CLUL de articulação entre investigação fundamental e aplicada, nomeadamente nas áreas da Linguística Educacional e da Linguística Clínica.

São, atualmente, grandes objetivos do grupo:

- Produzir novos recursos para o estudo do português e de crioulos de base lexical portuguesa;

- Continuar investigação fundamental que visa a modelação do conhecimento linguístico, integrando conhecimento sobre interfaces internas à gramática;

- Continuar a documentação e descrição de crioulos e novas variedades do português que emergiram em situação de contacto de línguas;

- Desenvolver o estudo da aquisição do português, dando especial atenção a situações de contacto linguístico (no âmbito do recente Heritage Language Consortium) e à comparação entre desenvolvimento típico e atípico;

- Explorar a potencialidade da linguística comparada para a produção de recursos para a tradução e promover, na mesma área, ligações à indústria.

Recursos Tipo
A Lexicon of Child European Portuguese - CEPLEXicon Léxico
Acquisition of European Portuguese Databank - AcEP Base de dados
Base de Dados para a Identificação do Português Língua Nativa - NLI-PT Base de dados
Child-Adult interaction European Portuguese Base de dados
Corpus Almeida - European Portuguese / French Corpus
Corpus Angolar Corpus
Corpus C-ORAL-ROM Corpus
Corpus CCF Corpus
Corpus CINTIL Corpus
Corpus de Português de Cabo Verde Corpus
Corpus de Português do Sri Lanka Corpus
Corpus de Referência do Português Contemporâneo - CRPC Corpus
Corpus de Textos Literários - LT Corpus Corpus
Corpus do Parlamento Português anotado com POS - PTPARL Corpus
Corpus Fadambo Corpus
Corpus Leiria (1991) Corpus
Corpus Online de Escrita e Fala de Crianças nos Primeiros Anos de Escolaridade - EFFE-On Corpus
Corpus PESTRA Corpus
Corpus Português Fundamental - Corpus PF Corpus
Corpus Principense Corpus
Corpus REDIP Corpus
Corpus Santome Corpus
Corpus SANTOS - European Portuguese Corpus
Crosslinguistic Child Phonology Project - Português Europeu - CLCP-PE Ferramenta
Dados Orais de Cabo Verde - CV Words Base de dados
Demo de Subespecificação e Desambiguação de Escopo Ferramenta
Dicionário de Hindi-Português-Hindi Base de dados
Diu Indo-Portuguese Data Set Base de dados
Interacção Pessoa-Máquina em Linguagem Natural - INQUER Base de dados
Learner Corpus of Portuguese L2 - COPLE2 Corpus
Léxico Multifuncional Computorizado do Português Contemporâneo Léxico
NPChunks: Corpus of 1000 sentences annotated with PoS and nominal chunks - NPChunks Corpus
Online Dictionary Portuguese-Slovak/Slovak-Portuguese Base de dados
Português Controlado - CLG Base de dados
Português Falado - Variedades Geográficas e Sociais Corpus
Portuguese Corpus Annotated for Modality - MODAL Corpus
Portuguese Lexicon of Discourse Markers - LDM-PT Léxico
Portuguese Technical Lexica - LEXTEC Léxico
Recolha de dados de PLE Corpus
Santome Structure Dataset Base de dados
Spoken Corpus Mozambique 1986-87 - SCM Corpus
Tarefas de Consciência Fonológica para Crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico - TCFC Ferramenta
Tarefas de produção orais e escritas de sequências consonânticas - PORESC Ferramenta
Unidades Lexicais Multipalavra Nominais em Português Europeu Léxico
Vocativos em Português Europeu Corpus
Word Combination in European Portuguese - LEX-MWE-PT Léxico
WordNet.PT Léxico
Artigo em Revista
Zeyrek, D., Mendes, A., Grishina, Y., Kurfalı, M., Gibbon, S., & Ogrodniczuk, M. (2019). TED Multilingual Discourse Bank (TED-MDB): a parallel corpus annotated in the PDTB style. Language Resources And Evaluation. Retrieved from https://rdcu.be/bu681
Bacelar do Nascimento, M. F., Mendes, A., & Duarte, E. (2018). Formas de tratamento no português europeu e brasileiro. Diadorim: Revista De Estudos Linguísticos E Literários 20, 20, 245-262.
Mendes, A. (2016). Modalidade e foco: uma análise baseada em dados de corpus. Diadorim – Revista De Estudos Linguísticos E Literários, 127-141. http://doi.org/https://doi.org/10.35520/diadorim.2016.v18n0a4051
Antunes, S., Mendes, A., Gonçalves, A., Janssen, M., Alexandre, N., Avelar, A., et al. (2016). Apresentação do Corpus de Português Língua Estrangeira/Língua Segunda – COPLE2. Revista Da Associação Portuguesa De Linguística, 1, 37-56. Retrieved from http://hdl.handle.net/10451/24717
Zheng, Y., Luegi, P., Madeira, A., & Matos, G. (2018). How Chinese learners of L2 European Portuguese interpret null and overt pronouns in forward and backward anaphora. Revista Linguística. http://doi.org/dx.doi.org/10.31513/linguistica.2018.v14n2a17653
Costa, A., Matos, G., & Luegi, P. (2010). Processamento de relações anafóricas com sujeitos omitidos em Português Europeu. Textos Selecionados Do Xxv Encontro Nacional Da Associação Portuguesa De Linguística, 351-364.
Gonçalves, R., & Hagemeijer, T. (2015). O português num contexto multilingue: o caso de São Tomé e Príncipe. Revista Científica Da Universidade Eduardo Mondlane: Série Ciências Da Educação, 1, 87-107.
Móia, T. (2018). On the Semantics of the Temporal Auxiliary Verb 'ir' (‘go’) in Portuguese. Syntaxe Et Sémantique, 19 [E. Labeau & J. Bres, dirs., La Grammaticalisation des Périphrases en 'Aller' et 'Venir' dans les Langues Romanes], 147-177. Presses Universitaires de Caen.
Querido, A., de Carvalho, R., Rodrigues, J., Garcia, M., Silva, J., Correia, C., et al. (2017). LX-LR4DistSemEval: A collection of language resources for the evaluation of distributional semantic models of Portuguese. Revista Da Associação Portuguesa De Linguística, 3.
Querido, A., de Carvalho, R., Rodrigues, J., Silva, J., Pereira, R., Gomes, P., et al. (2016). Named entities in the QTLeap Corpus of online helpdesk interactions. Revista Da Associação Portuguesa Da Linguística, 2, 459-474.
Lobo, M., Santos, A. L., Soares, C., & Vaz, S. (2019). Effects of syntactic structure on the comprehension of clefts. Glossa: A Journal Of General Linguistics, 4(1): 74. http://doi.org/doi.org/10.5334/gjgl.645
Jesus, A., Marques, R., & Santos, A. L. (2019). Semantic features in the acquisition of mood in European Portuguese. Language Acquisition, 26(3). http://doi.org/DOI: 10.1080/10489223.2019.1570203
Cadime, I., Moreira, C., Santos, A. L., Silva, C., Ribeiro, I., & Viana, F. L. (2019). The development of vocabulary and grammar: A longitudinal study of European Portuguese-speaking toddlers. Journal Of Child Language, 46(4). http://doi.org/doi:10.1017/S0305000919000060
Silva, C., Cadime, I., Ribeiro, I., Santos, S., Santos, A. L., & Viana, F. L. (2017). Parents’ reports of lexical and grammatical aspects of toddlers’ language in European Portuguese: developmental trends, age and gender differences. First Language, 37(3). http://doi.org/doi:10.1177/0142723716689274
Santos, A. L., & Flores, C. (2016). Comparing heritage speakers and late L2-learners of European Portuguese: verb movement, VP ellipsis and adverb placement. Linguistic Approaches To Bilingualism, 6(3). http://doi.org/oi: 10.1075/lab.14006.san
Lobo, M., Santos, A. L., & Soares, C. (2016). Syntactic structure and information structure: the acquisition of Portuguese clefts and be-fragments. Language Acquisition, 23(2). http://doi.org/DOI:10.1080/10489223.2015.1067317
Santos, A. L., Gonçalves, A., & Hyams, N. (2016). Aspects of the acquisition of object control and ECM-type verbs in European Portuguese. Language Acquisition, 23(3). http://doi.org/DOI: 10.1080/10489223.2015.1067320
Móia, T., & Marques, R. (2019). Estruturas Comparativas Complexas: Variação e Desvio e Questões de Tradução. Revista Da Associação Portuguesa De Linguística, 5, 265-286.
pdf559.04 KB
Pinto, J. (2018). Immersion learning activities: developing communicative tasks in the community. Theory And Practice Of Second Language Acquisition, 4 (1), 23-48.
Gramacho, C., Madeira, A., Martins, C., Alexandre, N., Pinto, J., & Correia, S. (2019). POR Nível: Construção e validação de um teste de colocação para o Português Língua Estrangeira – resultados de um estudo-piloto. Revista Da Associação Portuguesa De Linguística, 5, 172-189. Retrieved from https://ojs.apl.pt/index.php/RAPL/article/view/10/2
Móia, T. (2016). Subclasses of Temporal and Spatial Phrases in Portuguese – Location vs. Mere Reference. Journal Of Portuguese Linguistics, 15(1): 2 , 1–17.
pdf480.79 KB
Edição de Revista
Hagemeijer, T., Truppi, C., Pratas, F., Cardoso, H. C., & Alexandre, N. (Eds.). (2019). Lives in contact: A tribute to nine fellow creolinguists, Volume especial de Journal of Ibero-Romance Creoles.
Miscelânea
Agostinho, C., Santos, A. L., & Duarte, I. (2018). "The acquisition of Control in European Portuguese". In . "Amsterdam/Philadelphia": "John Benjamins Publishing".
Alexandre, N., & Gonçalves, R. (2018). "Language contact and variation in Cape Verde and São Tome and Principe". In . "Amsterdam/Philadelphia": "John Benjamins Publishing".
Alexandre, N., & Oliveira, M. ". (2018). Cabo-verdiano e Português: cotejando estruturas focalizadas. In . "São Paulo": "HUMANITAS/FAPESP".
Artigo de Jornal
Pinto, J. (2011). O ensino /aprendizagem da gramática do Português como L2 – um estudo de caso . Revple – Revista Eletrónica De Português Língua Estrangeira, Português Língua Segunda E Português Língua Não Materna, Associação De Professores De Português.
Bacelar do Nascimento, M. F., Courella, M. H., Maia, M., & Da Cruz, S. (1973). Sobre adjectivos frequentes no português contemporâneo. Boletim De Filologia, pp. 315-340. Lisboa.
Bacelar do Nascimento, M. F., Casteleiro, J. M., Marques, L. G., Segura, L., & Santos, M. (182AD). Notícia sobre os resultados do Português Fundamental. Boletim Da Sociedade De Língua Portuguesa, pp. 11-15. Lisboa.
Bacelar do Nascimento, M. F. (1983). Le projet du Portugais Fondamental. Recherches Sur Le Français Parlé, pp. 67-83. Provence.
Tese
del Río, I. (2014). SpQA: un parser para análisis de preguntas en español orientado a Búsqueda de Respuestas (SpQA: um parser para análise de perguntas em espanhol orientado a Busca de Respostas). Departamento de Lingua Espanhola. Universidade de Santiago de Compostela, Santiago de Compostela.